Pesquisar este blog

Meu twitter:

twitter.com/malvinaee

Seguidores

domingo, 10 de abril de 2011

ESPORTE:


10/04/2011 | 10h06min

Roberto Siegmann confirma acerto com Falcão: “Só falta formalizar”

Ex-jogador e ídolo do clube será anunciado oficialmente nesta segunda-feira
Ainda não é oficial, mas Inter e Paulo Roberto Falcão chegaram a um acerto e o ex-jogador e ídolo do clube será o substituto de Celso Roth. Na manhã deste domingo, o vice-presidente de futebol colorado, Roberto Siegmann, confirmou que só falta a assinatura do contrato:

— Chegamos a um acerto. Só falta formalizar — disse, em entrevista por telefone ao clicEsportes.

O dirigente não entrou em detalhes sobre o contrato, que deve ser de dois anos. E informou que o anuncio oficial deve acontecer nesta segunda-feira.

O nome de Falcão já era dado com certo pela imprensa no início da tarde de sexta-feira. Em entrevista à Rádio Gaúcha, o comentarista afirmou que estava satisfeito e que analisaria com muita calma uma proposta do Colorado, e avisou que não poderia dizer mais nada.

Ainda na noite de sexta, o presidente colorado, Giovanni Luigi, deu pistas de que Falcão poderia ser o novo treinador. Ao chegar ao Centro de Eventos do Beira-Rio, onde acontecia a festa pelos 102 anos do Inter, afirmou que o ex-jogador "era um grande nome" e que conhecia "ofutebol gaúcho e o futebol brasileiro".

Relação com o Inter
Falcão vestiu a camisa colorada por sete anos e conquistou três campeonatos brasileiros. Se transferiu para o Roma em 1980. Foi titular da Seleção Brasileira na Copa de 1982, enquanto ainda jogava na Europa. Depois retornou ao Brasil, para defender o São Paulo.

A primeira experiência como técnico foi na Seleção Brasileira. Assumiu em a equipe em 1990 e permaneceu no cargo até o final da Copa América de 1991. Sob seu comando, o Brasil disputou 17 jogos. Foram seis vitórias, sete empates e quatro derrotas.

Antes de retornar ao Inter como treinador, comandou o América do México. Na volta ao Beira-Rio, Falcão não experimentou o sucesso dos tempos de jogadores. Em 14 partidas em 1993, venceu cinco, perdeu cinco e empatou quatro — aproveitamento de 50%. Como naquela época as vitórias valiam dois pontos, de 24 disputados, Falcão conquistou 14.

Desempenho como técnico

Seleção Brasileira

Assumiu depois da Copa de 1990 e saiu depois da Copa América de 1991, um ano depois, quando foi vice-campeão

17 jogos
seis vitórias
sete empates
quatro derrotas

América-MEXAssumiu depois de sair da Seleção e ficou uma temporada no clube mexicano. Lançou o atacante Cuauhtemoc Blanco

Inter
Assumiu no meio do ano e comandou o time no Brasileiro 1993:

1º Turno
São Paulo 3x2 Inter
Inter 1x0 Botafogo
Inter 1x1 Bragantino
Corinthians 2x0 Inter
Inter 1x0 Bahia
Flamengo 3x0 Inter
Inter 3x0 Cruzeiro

2º Turno
Bragantino 3x3 Inter
Bahia 1x0 Inter
Corinthians 1x1 Inter
Inter 2x0 Flamengo
Botafogo 2x0 Inter
Inter 1x1 São Paulo
Cruzeiro 4x1 Inter
5 vitorias
4 empates
5 derrotas
14 pontos em 28 disputados (vitória valia dois pontos)
50% de aproveitamento

Seleção do JapãoAssumiu em 1994 e ficou oito meses. Comandou o time na Copa Kirim e os Jogos da Ásia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

ALGUMAS CITAÇOES:

As mulheres precisam ser amadas, não compreendidas.

Com certeza, se casem. Se casar com uma boa mulher, será um homem feliz. Se casar com uma má, se convertirá em filósofo. (Socrates)

Não sou um santo. A menos que para você um santo seja um pecador que simplesmente segue se esforçando. (Nelson Mandela)

Nunca penso no futuro - ele já chegará. (Albert Einstein)

Os melhores amigos ouvem o que você não diz.

Nossos amigos são os irmãos que nunca tivemos.

clicRBS

Ocorreu um erro neste gadget