Pesquisar este blog

Meu twitter:

twitter.com/malvinaee

Seguidores

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Lixo espacial desaba sobre o Uruguai


Geral

Peça de um foguete da Nasa caiu numa fazenda próxima à fronteira com o Rio Grande do Sul

É um pedaço de um foguete Delta II, da Nasa, a agência espacial americana, o objeto que caiu na noite de 2 de março em uma fazenda no interior da cidade uruguaia de Artigas, cidade vizinha à gaúcha Quaraí. A peça, uma grande esfera metálica que chegou a ser confundida com um óvni, era parte do veículo que lançou duas sondas em direção a Marte, em 11 de junho de 2003, segundo reportagem publicada pelo jornal El País, do Uruguai.

A esfera, com cerca de dois metros de diâmetro, toda amassada e com uma parte da estrutura “rasgada”, foi encontrada por Gustavo, filho do capataz da fazenda, César “Peteke” Ferráz. Conforme a reportagem, o rapaz procurava javalis que estariam matando as ovelhas da propriedade quando, por volta das 23h, avistou luzes brilhantes no céu, seguidas de uma explosão.

– Parecia um trem de fogo, uma grande estrela e, atrás dela, outras quatro ou cinco. A terceira explodiu e a última se desintegrou – descreveu.

As luzes também foram avistadas por outros moradores do departamento (Estado) de Salto, o que levou a especulações sobre a presença de ovnis na região. Dois dias depois, Gustavo e o pai encontraram, a nove quilômetros de distância, um artefato metálico jogado no meio do campo. Era parte da estrutura de um foguete Delta II, que fora descartado em órbita depois de lançar rumo a Marte as sondas-robôs Spirit e Opportunity – que ainda hoje vasculham a superfície marciana.

Sem saber do que se tratava, Gustavo e o pai ficaram com medo de se aproximar do objeto, que imaginavam poderia estar liberando alguma radiação. Mesmo assim, levaram o artefato para a sede da estância, colocaram uma cerca elétrica em volta, para evitar a aproximação dos animais, e chamaram o fotógrafo Luiz Alberto Massarino.

As fotos, publicadas no diário El Pueblo, de Salto, atraíram a atenção da força aérea uruguaia, que foi até a fazenda analisar o objeto. A peça, feita de material bastante leve, porém muito forte, tem grafado o número de série ID 85677-1G, e parece ser dos tanques de combustível do foguete.

– Para nós, é interessante descartar que não há nenhum outro objeto pela região – disse o coronel Mariano Rodrigo, relações-públicas da força aérea, informando que esse é o primeiro caso conhecido de queda de lixo espacial em território uruguaio.

Os militares agora pretendem devolver a peça à Nasa por intermédio da embaixada americana, explicou Rodrigo. Mas é possível que, por tratar-se de lixo espacial, a Nasa não esteja interessada na peça. O que seria conveniente para Gustavo, que pensa em ficar com o resto de foguete.

– Eu o encontrei e agora ele é meu – disse Gustavo ao El País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

ALGUMAS CITAÇOES:

As mulheres precisam ser amadas, não compreendidas.

Com certeza, se casem. Se casar com uma boa mulher, será um homem feliz. Se casar com uma má, se convertirá em filósofo. (Socrates)

Não sou um santo. A menos que para você um santo seja um pecador que simplesmente segue se esforçando. (Nelson Mandela)

Nunca penso no futuro - ele já chegará. (Albert Einstein)

Os melhores amigos ouvem o que você não diz.

Nossos amigos são os irmãos que nunca tivemos.

clicRBS

Ocorreu um erro neste gadget